domingo, 23 de dezembro de 2012

NATAL - Muito mais que uma noite de paz!



A proximidade do Natal, hoje mais do que nada, significa ruas recheadas de trânsito e shoppings barulhentos.  Todos nós entramos numa correria normótica para ver (aqueles que podem) os pobres pinheiros cortados para a festividade, sufocados de presentes.  O consumismo, ao invés da pratica cidadã, virou um hábito cultural para todas as épocas de celebração. 

A árvore de Natal, o visco, as coroas de azevinho, as velas, e a tradição das crianças enganando o Papai Noel, são todas de origem pagã. Não há uma única palavra nas Sagradas Escrituras em favor de nenhuma delas.

25 de dezembro era uma data "pagã, podendo ser de origem solar. A Saturnal dos Romanos a precedia" (Nelson*'s Encyclopedia). Era ainda a data "da antiga festa Romana em homenagem ao Sol" (celebrando o nascimento do deus-Sol), segundo a American Encyclopedia. "A Saturnal era uma festa de prazeres desenfreados. A data do Natal foi fixada na mesma época" (M de Beugnot - História, Vol 2, pág. 265). "A Igreja voltando ao paganismo precisava ter suas festas, e acabou por dar nomes cristãos às festas pagãs já existentes identificando o Natal à pior das festas pagãs fixaram para aquela data o nascimento de Cristo. (Aquela data) representava um dos piores princípios do paganismo -- o poder reprodutivo da natureza. A Igreja criou as festas chamadas cristãs, para substituir as pagãs paganizando o Cristianismo a fim de manter satisfeitas as mentes carnais do povo" (J. N. Darby - Col. Writtings, Vol. 29). Agostinho registrou que o povo estava tão determinado a ter festas que o clero se sujeitou a isso!
 
O Senhor nunca nos pediu para celebrarmos anualmente o Seu nascimento (ou Sua ressurreição, como é o caso da Páscoa, celebrada por muitos cristãos). Ele expressou Seu desejo que celebrássemos a memória da SUA MORTE.

“Você já esqueceu do aniversário de quem você ama.
Já esqueceu o nome de alguém que te ama.
Mas chega o fim do ano e é tudo igual,
Eu acho que vocês acham que eu sou débil-mental!
São mais de 300 dias debaixo da opressão
Medo da guerra, da bala perdida, medo do medo da solidão,
Eu vejo os shoppings lotados, ruas lotadas,
Avenidas decoradas por corações vazios
. – Fruto Sagrado.
 
 “Porque os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou dos atos iníquos que ela praticou” (Apocalipse 18.5). “Batalhe, diligentemente, pela fé”, “E não sejam cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as” (Judas 3; Efésios 5.11).

Noite de paz! A morte morreu de medo ao ver Jesus nascer!
Uma noite de paz! Muito mais que uma noite de paz!

Fiquem firmes na ROCHA!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nossos Encontros!

  • Domingo - Escola de aprendizagem sobre a vida. Na I. Presbiteriana Livre ( apartir das 9h )
  • Domingo - Reunião de Comunhão. Na I. Presbiteriana Livre ( apartir das 19h )
  • Terça-Feira - Culto da Familia - Casa do Presb. Warley (ás 19h)
  • Quinta-Feira - Vamos orar juntos? Na I. Presbiteriana Livre
  • Sexta-Feira - Subida ao Monte às 19h - Ponto final do Moacyr Brotas
  • Sábado - Você é Livre - bate papo descontraido. ( apartir das 17:30hs )
  • * Pode haver trocas nas programações onde serão avisados.
  • ** Onde? Presbiteriana Livre (Centro - Colatina)

Videos interessantes...

Loading...

Agendamento e Contatos:

Warley do Nascimento Pereira e Maria Angelica C. Pereira

Blog: http://jovenslivrescomcristo.blogspot.com.br/

Email: warleype@gmail.com, jovenslivrescomcristo@gmail.com

Tel.:( 27) 99829-4698 (27)99894-4177

Estamos por ai...